20

20°C

BENTO GONÇALVES

editorial

29/11/2014 19:54:03

A UPA vai funcionar

Jornal Semanário - A UPA vai funcionar

Desde que começou a ser construída, perdemos a conta de quantos prazos já foram anunciados para o início do funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Bento Gonçalves. São mais de dois anos esperando para que o primeiro usuário possa usufruir do empreendimento. O longo tempo de espera faz com que esta construção seja apelidada de obra sem fim.

A primeira previsão de abertura foi em outubro de 2012, mas acabou não acontecendo. Os problemas nas finanças da prefeitura fizeram com que o Ministério Público entrasse com uma ação judicial para que os trabalhos fossem paralisados.

A partir daí, a obra ficou mais de um ano parada e os trabalhos foram retomados somente em 2014. Muito daquilo que foi feito anteriormente, precisou ser refeito. Milhares de recursos precisaram ser reinvestidos e, mais uma vez, o prazo de entrega da UPA à comunidade precisou ser adiado.

Antes era a infiltração, que parece ter sido resolvida, agora é a parte elétrica que precisa ser concluída. Vamos torcer para que nenhum empecilho atrapalhe esta última etapa deste caminho tão longo. A torcida é para que, quando abril chegar, a unidade esteja recebendo pacientes e funcionando normalmente.

O alento da semana foi a divulgação do aporte de R$ 2,2 milhões, oriundos de emendas parlamentares. Que no ano que vem, junto com a conclusão da UPA, sejam iniciadas as obras do bloco cirúrgico. Afinal, o recurso está disponível desde setembro, mas só foi anunciado agora, dois meses depois.

Para que a UPA funcione, é preciso que a briga partidária seja deixada de lado. Não é hora de procurarmos o chamado "pai da criança". Precisamos é ter a certeza que, no mês de abril, a UPA estará em funcionamento e em plenas condições de receber os pacientes com o mínimo de dignidade e conforto.

Queremos todos que a nossa unidade se torne referência em atendimento e possa aumentar as possibilidades no tratamento dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Neste momento, precisamos de contribuições positivas e um engajamento comunitário para ver a unidade, finalmente, sair do papel.

Quem sabe, desta vez, vamos fazer diferente. Em vez de achar que a UPA não irá abrir no mês de abril, vamos pensar que a abertura irá acontecer antes. Afinal quem, em sã consciência, não quer ver a UPA funcionando?

Compartilhe pela rede:
Comente esta notícia